Agende sua consulta

Busque o profissional de saúde mais perto de você

Cadastre-se

Portal do Médico

Faça login

Clínicas populares "não resolvem" saúde no Brasil, apontam especialistas

03/09/2018
07:53

Clínicas populares resolvem? As clínicas populares, cada vez mais populares no Brasil, "não resolvem" os problemas da saúde pública no Brasil. O que é preciso, afirmam especialistas, é encontrar solução para financiar melhor o SUS (Sistema Único de Saúde). A análise aconteceu no "Fórum Estadão", realizado nesta sexta-feira, 31, em São Paulo

Clínicas populares "não resolvem" saúde no Brasil, apontam especialistas


Clínicas populares resolvem? As clínicas populares, cada vez mais populares no Brasil, "não resolvem" os problemas da saúde pública no Brasil. O que é preciso, afirmam especialistas, é encontrar solução para financiar melhor o SUS


Por pouco mais de uma hora, a coordenadora do programa GV Saúde da Fundação Getulio Vargas, Ana Maria Malik, o presidente do United Health Group Brasil, Claudio Lottenberg, e o professor da Faculdade de Saúde Pública da USP Gonzal... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2018/08/31/financiar-sus-e-desafio-para-novo-presidente-apontam-especialistas-em-saude.htm?cmpid=copiaecola

Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2018/08/31/financiar-sus-e-desafio-para-novo-presidente-apontam-especialistas-em-saude.htm

+ Notícias


22/10/2019 09:04

Nova técnica de edição de DNA poderá curar até '89% das doenças genéticas' no futuro

  • 22/10/2019 08:59

    Nascimento de bebê sem rosto gera escândalo de negligência médica

  • 22/10/2019 08:53

    Cientistas planejam criar câncer para pesquisar sinais precoces da doença

  • 22/10/2019 08:49

    Transplante de matéria fecal, uma terapia que pode salvar vidas

  • 22/10/2019 08:36

    SUS altera protocolo de tratamento para tuberculose

  • 21/10/2019 09:03

    Autismo severo: 'Um dos nossos maiores desafios é proteger a nossa filha dela mesma'

  • 21/10/2019 08:53

    Pesquisadores apontaram que indivíduos na faixa dos 40 anos que costumam andar devagar apresentam maior risco de falhas cerebrais


Carregando