Agende sua consulta

Busque o profissional de saúde mais perto de você

Cadastre-se

Portal do Médico

Faça login

Pesquisadora italiana recebe prêmio de instituto brasileiro por estudo sobre Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)

05/12/2019
09:30

Instituto Paulo Gontijo (IPG) seleciona pesquisas de excelência que buscam a cura ou a melhora da qualidade de vida de portadores da ELA.

A cientista italiana Laura Ferraioulo, do Sheffield Institute of Translational Neuroscience, da Universidade de Sheffield, recebeu nesta quarta-feira (4), na Austrália, o prêmio Paulo Gontijo, dedicado a pesquisas sobre as causas e a cura da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A vencedora receberá a quantia de 20 mil dólares.


Anualmente, o Instituto Paulo Gontijo, com parcerias internacionais, destaca trabalhos que visam encontrar respostas para a doença que atinge o sistema nervoso de forma progressiva e degenerativa.


O trabalho premiado foi realizado por um grupo de neurocientistas que têm se dedicado a identificar como a comunicação entre moléculas que estão no interior das células podem ajudar na sobrevivência dos neurônios. A descoberta da cientista pode influenciar no tratamento da ELA


Segundo a Associação Pró-crua da ELA, existem cerca de 12 a 15 mil pessoas com a doença no Brasil e quase 5 mil pessoas são diagnosticadas com ELA, anualmente, no país. Estima-se, também, que cerca de 200 mil pessoas tenham a doença no mundo.


De acordo com o Ministério da Saúde, não há cura para a Esclerose Lateral Amiotrófica e, desde 2009, o Sistema Único de Saúde (SUS), oferece assistência e medicamentos gratuitos, de forma integral, aos pacientes diagnosticados com a doença.


 — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1


Fonte: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/12/04/pesquisadora-italiana-recebe-premio-de-instituto-brasileiro-por-estudo-sobre-esclerose-lateral-amiotrofica-ela.ghtml

+ Notícias


17/01/2020 08:30

Projeto de lei que amplia doação de órgãos gera debate na Alemanha

  • 17/01/2020 08:27

    Darolutamida: novo medicamento é aprovado para câncer de próstata

  • 17/01/2020 08:20

    Curativo feito com impressão 3D em Ribeirão Preto usa células-tronco contra feridas crônicas

  • 16/01/2020 09:12

    Caso Belorizontina: como distinguir uma intoxicação alimentar comum de algo mais grave?

  • 16/01/2020 08:41

    Sul e Sudeste voltam a ter mortes de macacos com febre amarela, diz ministério

  • 16/01/2020 08:32

    O que é o peito escavado, condição que muitos pensam ser estética, mas pode matar

  • 15/01/2020 17:57

    Justiça reafirma que acupuntura é prática exclusiva de médicos


Carregando