Agende sua consulta

Busque o profissional de saúde mais perto de você

Cadastre-se

Portal do Médico

Faça login

Cansado de Medicina? Veja essas alternativas de carreiras para médicos

09/09/2019
09:14

Já pensou alguma vez em deixar de exercer Medicina? Este artigo está longe de ser uma propaganda ou estímulo para isso. Mas, ao contrário do que possamos imaginar, não é algo tão raro assim. Segundo um artigo de mesmo tema do Medscape (na referência), cerca de 13,5% dos médicos estadunidenses estavam, em 2016, procurando por outras opções de trabalho.

Mesmo essa estatística não sendo bem conhecida aqui no Brasil, não é de se estranhar que vejamos a mesma tendência. Medicina é uma profissão muito difícil técnica e emocionalmente e, provavelmente, vários profissionais que a exercem não se identificam com ela tanto assim.

Talvez muitos percebam isso durante o curso. Porém, por ser um vestibular extremamente concorrido, as pressões interna e social acabam por convencer o estudante a não deixar o curso. Já depois de formados, médicos têm dificuldade de encontrar trabalhos que lhe garantam renda semelhante, o que acaba convencendo-os a continuar exercendo mesmo contra a vontade.

Bom, seja qual for seu motivo, se você for um dos que estão procurando uma alternativa, aqui estão algumas sugestões de profissões alternativas para médicos.


Educação Médica Continuada

Médicos estão sempre procurando educação continuada. Seja para melhoria de habilidades, atualização ou até para certificação e prestação de concursos, o fato é que médicos realmente precisam estar sempre estudando. Ainda mais em um mundo científico fervilhante como o nosso.

Da mesma forma, quem melhor que os próprios médicos para ensinar outros colegas de profissão?

Médicos podem atuar produzindo materiais de todos os tipos (apostilas, videoaulas, vídeos didáticos etc), ministrando aulas ou testando habilidades em cursos teóricos e práticos de diversos tipos. Cursos de emergências, procedimentos ou mesmo os preparatórios para residência médica.

É uma profissão interessante se você tiver habilidades com escrita, oratória ou computação. Além disso, pode-se atingir uma boa remuneração dependendo do reconhecimento da empresa fornecedora do curso, dentre outros fatores.

Vantagens: Se você tiver habilidades com escrita, oratória ou computação, provavelmente vai se dar muito bem nesse tipo de trabalho.

Desvantagens: Não é uma opção com fartura em oferta de emprego. Sem contar que os cursos e materiais passam por várias etapas de avaliação e certificação até serem liberados para execução, podendo ser algo demorado e bem trabalhoso.


Tecnologias de Informação

Se médicos usam e abusam de cursos, com aplicativos então quem exerce sabe o quanto aplicativos e softwares de todos os tipos podem te salvar em uma situação de sufoco.

Calculadoras, tabelas, guias de tomada de decisão, guias de medicamentos, diagnósticos diferenciais… A lista é de se perder de vista.

Logo, se médicos podem atuar montando materiais para cursos, também podem ajudar a montar conteúdos e a desenvolver aplicativos voltados para saúde (tanto para uso de profissionais, quanto de pacientes).

Além disso, médicos podem ajudar a desenvolver sistemas de informação hospitalares e prontuários eletrônicos. Quem trabalha em hospitais, com certeza, já pensou em algum momento: “Esse sistema não está bom. Seria melhor se funcionasse assim, ou se desse para eu fazer isso…”

Por melhor que um sistema de prontuário eletrônico seja, ainda há campo para melhora. Porém, o problema é que quem interfere nele, muitas vezes, são profissionais com conhecimento em computação e sistemas de informação, mas sem conhecimento médico.

Por isso, alguns hospitais têm contratado médicos para atuar nos setores de TI a fim de melhor os sistemas para uso da equipe.

Vantagens: Existem várias opções de carreira nessa área e um leque de oportunidades para iniciar algo próprio, especialmente se você tiver habilidades com computação.

Desvantagens: A maioria dos médicos não tem essa afinidade com computação e sistemas de informação, o que os obrigaria a ganhar alguma experiência na área antes de buscar um trabalho nessa área.


Planos de Saúde

Essa talvez seja uma oportunidade mais acessível no sistema de saúde estadunidense, que é praticamente todo privado. E, portanto, dominado por planos de saúde. Mesmo assim, não deixa de ser uma oportunidade para quem quer uma alternativa de emprego.

Alguns planos de saúde têm hospitais e clínicas próprios que permitem ao médico exercer a “versão original” de sua profissão. Porém, também existe espaço na avaliação e liberação de procedimentos e exames.

Uma vez acionado, o plano de saúde analisa cada exame, procedimento, internação ou recurso solicitado conforme suas regras particulares e, nesse caso, a análise é feita por médicos. Logo, o médico pode atuar, por exemplo, nas perícias para avaliar a real indicação ou urgência de determinado procedimento, além de liberar ou negar realização de determinado exame conforme as indicações especificadas em literatura.

Alguns médicos enxergam isso como “trabalhar para o inimigo”, mas isso não necessariamente é verdade. Um médico neste cargo estaria atuando, também, no controle do uso excessivo de recursos e serviços em saúde, especialmente negando o que for desnecessário. É um trabalho interessante para quem gosta de Medicina Baseada em Evidências, já que essas decisões, ao contrário da atuação clínica, não podem estar embasadas em opiniões próprias, mas sim em indicações clínicas precisas.

O médico também pode trabalhar na parte administrativa, ampliando, por exemplo, a cobertura de exames, procedimentos e recursos já oferecidos pelo plano de saúde.

Vantagens: Esse trabalho pode chegar a render o mesmo que a prática clínica, além de permitir o trabalho em casa.

Desvantagens: Em alguns momentos, pode ser um trabalho conflituoso (médicos não gostam muito de ter suas condutas negadas ou questionadas). Também é um trabalho que exige conhecimento das evidências científicas de ponta.


Indústria Farmacêutica

Esta talvez não seja a alternativa mais fácil de se seguir, já que, como qualquer outra indústria, a indústria farmacêutica busca profissionais de ponta para preencher suas vagas. Porém, a remuneração pode atingir e até ultrapassar a da prática clínica.


Médicos podem trabalhar na indústria farmacêutica em vários cargos, incluindo o de vendas (Sabe aquele representante que te visita no consultório ou no hospital, de vez em quando? Então…). Porém, a maioria dos profissionais segue para a área de pesquisa e desenvolvimento de novas drogas. Algo interessante para quem gosta do trabalho de cientista.

Os mais ousados podem até tentar iniciar negócios próprios, seja trabalhando com revenda e outros artigos médicos, ou mesmo com a produção.

O maior problema é que é difícil se inserir na indústria farmacêutica sem alguma experiência anterior com a área (participar de um ensaio clínico, por exemplo).

Vantagens: Ser médico pode te abrir algumas portas nesse ramo, sem contar a boa remuneração que pode ser atingida.

Desvantagens: Inserir-se nesse mercado demanda muita influência e esforço.


Recrutamento de Médicos

Médicos, como quaisquer outros profissionais, vão estar inseridos no mercado de trabalho de várias formas. Logo, serão necessárias pessoas para recrutá-los e, nisso, ser um médico pode ser uma carta na manga.

Afinal, ninguém melhor para selecionar profissionais de determinada área que outro profissional dessa mesma área (que conhece o trabalho, as exigências, os tipos de profissionais etc).

Várias empresas, variando de hospitais e convênios médicos à indústria farmacêutica e pesquisas no modelo ensaio clínico, buscam esse tipo de recrutador. A dificuldade é que, como era de se esperar, a exigência técnica para o cargo é alta e os recrutadores dos recrutadores querem profissionais de excelência.

Você provavelmente terá que correr atrás de várias ligações e entrevistas para conseguir esse cargo. Porém, a recompensa é alta: a remuneração passa, muitas vezes, da alcançada pela prática clínica.

Vantagens: A remuneração é muito boa e é uma área interessante para quem está disposto a desenvolver algumas habilidades sociais.

Desvantagens: A inserção nesse mercado não é fácil e exige muita paciência.

Fonte: https://pebmed.com.br/cansado-de-medicina-veja-essas-alternativas-de-carreiras-para-medicos/

+ Notícias


13/11/2019 08:38

Qual o risco x benefício das estatinas em idosos?

  • 13/11/2019 08:27

    Como a gentileza no dia a dia pode fazer você viver mais e servir de antídoto à polarização

  • 13/11/2019 08:19

    Prevenção do câncer de mama: uma visão diferente

  • 12/11/2019 18:06

    A jovem norueguesa que monitora 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

  • 12/11/2019 17:58

    'Tomei a pílula do dia seguinte, mas engravidei mesmo assim': quando o método anticoncepcional falha

  • 12/11/2019 17:52

    Afasia: você sabe o que é e como identificar?

  • 12/11/2019 09:01

    Ranking das melhores faculdades de medicina em 2019


Carregando